Layout by VICKYS.com.br

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Thata CG300

Alguma pessoa nesse imenso mundo de Deus, já quis alguma vez ser um objeto eletrônico? Tipo um celular, um computador ou um robô?

Eu sim. Eu queria às vezes poder apertar o botão on/off e me desligar de toda a gama de sentimentos e situações cansativas, e apenas dormir.

Uma bateria também cairia bem. Depois de gastar todas as energias num dia estressante, poder me conectar na tomada e recarregar, para no outro dia não parecer que carrego o peso do mundo nas costas.

E queria um botãozinho de mudo também, para poder não dizer algumas das coisas que eu falo às vezes sem pensar.

Mas o mais divertido seria ter um HD. Guardar todos os momentos especiais vividos, as músicas preferidas, as fotos que registraram as coisas da vida, e simplesmente deletar os momentos ruins e as pessoas que me magoaram ao longo dos anos.

Objetos eletrônicos são felizes, e não sabem!

Posted by Thata @ 13:30

6 Comentários

Blogger THIAGO PAULO said...

nossa .. nem me fale... tambem gostaria de ter um HD.. e muita informação... não guardo todas!!

21 de janeiro de 2008 14:12  

Blogger Malu said...

He he he... Se eu fosse um eletrônico seria um computador.

21 de janeiro de 2008 15:04  

Blogger Gabriel Leite said...

Esse negócio de se desligar é meio suicida, né? Rs

Transtornada... suicida... Acho melhor você entrar numa terapia. Hahahahaha

Beijos

22 de janeiro de 2008 00:10  

Blogger Aventureiro X said...

Boa tardeeeeeeeeeee!
Eis que o sumido resurge hein?
Caracas passei uns dias sem net mas sobrevivi...rsrsrsrs
E aproveitei a volta e segunda lua de mel pra mudar um pouquinho o blog...rsrsrs
Como vc está?
Nossa vc tem razão... Gostaria de ser um computador tbm...(com banda larga...rsrs) Fazer tudo isso que vc descreveu... e ter um bom antivírus pros maus sentimentos e desagrados...
Ser humano é bem complexo viu...
Urra...
Um super abraço! E estou vivoooooooooooo!
Bjos!

31 de janeiro de 2008 17:14  

Blogger Guerras Secretas said...

Bom, minha resposta pra pergunta "Vc gostaria de ser um objeto eletrônico?" é: Meu personagem preferido no Star Trek Nova Geração é o Tenente Data, ponto final.

3 de fevereiro de 2008 03:58  

Blogger Adoniran Leblon said...

"Objetos eletrônicos são felizes, e não sabem!"

Esse é o segredo, eu acho... de nada adianta ser feliz sem saber da felicidade, mas não há como ser ciente da felicidade sem arcar com as tristezas que vêm junto. Tristezas fazem parte da vida. Ah, quanta merda eu já disse e me arrependi! E quantas coisas já quis lembrar e nunca voltaram. E quantas eu odeio e e não abandonam minha mente nunca, me perturbando como facas afiadas e sarcásticas...? Nós também somos feitos pelas nossas tristezas e temos que reconhecer esse fato e amá-las. Não cultivá-las, claro, mas estar em paz com elas e saber exatamente o lugar que elas devem ocupar. Querer ignorar as tristezas é querer ignorar uma parte de si, e isso sim é que é um problema!

Eu não queria ser um computador. Não consigo imaginar um ibook chorando desesperado por não ter conseguido uma conexão com aquele iPod último modelo... Não consigo conceber um HD qualquer querendo se formatar de angústia por não conseguir terminar seu download dos infância... E sem ser capaz de viver essas angústias apaixonantes que desesperam a gente de tempos em tempos não parece possível viver o outro lado da moeda, os poucos momentos apaixonados e paradisíacos que a gente descobre por aí e que, embora sejam uma fração ínfima de nossos dias, são maiores que tudo!

3 de fevereiro de 2008 10:13  

Postar um comentário

<< Home

Nome:
Local: São Bernardo, São Paulo, Brazil

Merece um clique

. Capinaremos
. Frenesi
. Guerras Secretas
. Saco de Filó
. Substantivolátil
. Suellen Pereira

Já foi dito

. 2008, finalmente
. Cinco motivos para gostar de Natal
. Cinco motivos para se odiar o Natal
. Porque Thais (às vezes) também é cultura
. Hoje é um dia importante
. Não faz sentido
. O anjo. A fada. A bruxa.
. O mundo dá voltas!
. Há, ta bom
. Jantar das bruxas

Créditos

[ Layout ]
VICKYS.com.br

[ Powered by ]